sábado, 3 de janeiro de 2009

CORNOS SÃO HOMENS ESPECIAIS

Cornos são homens especiais. Nunca conheci um corno igual a outro. Vulgares são os outros – homens comuns. Não se iluda – aquele elegante Procurador, aquele próspero corretor, aquele médico da garganta cuja fila de clientes vai até a copa de 2016 – todos podem ter como maior prazer na vida ver sua esposa aliança-e-papel-passado fazendo o pedaço de outro homem desaparecer entre as coxas macias dela.

Alguns pensam que cornos são homens de classe baixa, favelas ou casas-de-beira-de-linha. Nada mais falso. Soube de prestigioso vereador, e com fama de honesto, sério. Vi sua esposa, elegante loura mais nova. Disseram-me: o prazer dele é ter outros a transar com sua esposa, ele de platéia. (Pude comprovar isso quando tive o prazer de amar sua esposa durante exatos quarenta e três minutos enquanto ele folheava revistas. Minha Ana Beatriz o quis e durante três horas num motel chamado Spark´s meu novo amigo com ajuda de minha esposa me retribuiu o prazer.)

Pelo contrário, só as classes baixas têm tolice de ciúme. Ciúme é – não tenho nada, não sou nada, só tenho você, você é minha propriedade. Já o corno é um homem bem sucedido – sou talentoso, tenho sucesso, tenho dinheiro, posição social – assim posso dividi-la com outros homens.

Sou um corno. E tenho orgulho de ser. Meu nome é Ludwig.

6 comentários:

  1. Ludwig, adoramos seu blog (ainda mais sua visita, volte sempre!) E amigo, é isso mesmo! A ARTE DE SER CORNO (maravilha de título, parabéns!)está além de classe alta, baixa, média, gigante, tamanho família, brotinho, massa fina ou massa grossa! O verdadeiro corno é um artista. Sua mulher é a tela: limpa, lisa, disponível, aberta. O pau do amante é o pincel: duro, suave, molhado, preciso. O resultado é a obra de arte... sorte de quem sabe apreciar!!!!
    beijos e abraços!

    ResponderExcluir
  2. Olá Amigo

    Concordo em tudo no seu texto, também sou corno assumido da minha esposa.


    Gosto de dividir ela com amigos que ela faz na net, amo ver a carinha de puta dela quando esta transando comigo e com algum amigo.

    Cornos são sim homens mais seguros, tão seguros que se permitem dividir as putas de suas esposas.

    Adoro quando voltamos para casa depois de uma transa, e deito com ela, sinto seu que acaba de ser usado por mim e pelo amigo, sempre qdo voltamos para casa, transamos novamente só eu e ela. Nesse momentos ela durante a transa começa a repetir e a me dizer o que mais gostou no amigo.

    Bom paro por aqui

    Abraço

    Paulo

    ResponderExcluir
  3. Ola amigo. Parabens pelo blog. Tbem adoro ver a minha gata com outro homem mas nao me considero corno. Desde pequeno aprendi que corno eh aquele que eh traido leva chifre e nao sabe ou finge nao saber. Acho que o nosso caso ou o meu caso eh bem diferente: adoro ve-la com outro e tudo comecou por insistencia minha e ate uma certa relutancia dela em aceitar de inicio. No mais concordo plenamento com vc em genero, numero e tesao. Abracao.

    ResponderExcluir
  4. Grato.
    Está convidado a vaer os blogs de minha esposa:
    http://sensual.livrossensuais.com/index2.html
    .
    http://mulher-sensual.blogspot.com
    .
    http://www.boobik.com/porno
    .
    Ludwig.

    ResponderExcluir

Olá Ana Beatriz e Ludwig, sou/fantasio em ser corno (ou fazer de meu maridinho um) e penso o seguinte: