terça-feira, 7 de abril de 2009

O do outro - III


Uma amiga diz: Não olhe muito senão você acaba chupando!
.
Vários amigos não resistiram. Tem a ver com o clima: relaxados, cama grande, ar condicionado forte, motel de classe, um casal apaixonado de meia-idade, um garotão com toda a força de um fim de adolescência mal cruzada a barreira dos dezoito. A mulher de topless e tanga de carinha de coelho, o menino peladão feliz com um cano horizontal partindo de uma nuvem de pelos entre as coxas, o maridão a dois palmos de distância. E acontece: a mulherzinha pisca os olhos dos vezes para acreditar mas é verdade: o não pode mais ver metade do caralho do rapaz: o marido o engoliu e o chupa como bezerro.
.
Claro, nem sempre é hard assim. Uma coisa que acontece muito em ambientes mal iluminados é o marido orientar a foda, e para proteger sua esposa ele confirma se o cara está de camisinha. Ele dá um aperto, sente o plástico, e o outro está livre para meter. Claro, nessa ele sentiu o instrumento de outro homem.
.Uma outra derivada da confirmação da camisinha é além de confirmar, percorrer a vara do rapaz com a mão, ou seja, masturbá-lo. É um propósito nobre, endurecer o outro para a esposinha sentir mais prazer. O segredo é não fazer carinha de constrangido nem de menino sapeca. Você está confirmando a camisinha ou endurecendo o outro cara, portanto faça sério.
.
O nível mais alto é chupar o outro homem, é o máximo da liberalidade. O engraçado é que quase sempre os resultados são positivos. O garotão comedor quase nunca reclama ao ser punhetado ou chupado – ele geralmente deixa acontecer, e depois calmamente come a mulher do masturbador. E a esposa geralmente bate palminhas – ela adora.
.
E não esqueçamos que isso pode acontecer do lado reverso – você está de joelhos, a esposa daquele médico seu amigo feliz afastando as coxas – e o tal médico engole sua cabeça inteira fazendo volume nas bochechas. Pode até ser constrangedor, mas você gritaria Sai daí?
.
Beijos liberais,
Ludwig

Um comentário:

  1. PROCURA-SE MULHER DE CORNO GRÁVIDA - CUCKOLD - CREAMPIE - REAL SEX


    >>> fudedor.de.esposas.df@hotmail.com
    >>> (61) 8456-6055 Operadora OI.
    >>> (61) 9285-0356 Operadora CLARO.

    >> Me chamo Ricardo moro em Ceilândia, Brasília-DF sou comedor de esposinhas. Adoro comer as esposinhas de meus amigos na frente deles.

    >>> Procuro casais liberais, casadas, noivas, namoradas e solteiras, grávidas, gringas, ananzinhas.

    Adoro gozar dentro da boca das casadas e mandar o corno limpar tudinho, mas se meu novo amigo curtir só observar eu metendo na sua linda esposinha tudo bem. Tenho 35 anos, 1,72m de altura, 76kg, moreno claro. Qualquer casal que curta entre em contato comigo.

    >>>>>> OBS.: Favor não fiquem mandando mensagens para o meu celular, se quiserem me liguem pois sou comedor de esposinhas e não mensageiro. Curto sexo real sou comedor nato.

    ResponderExcluir

Olá Ana Beatriz e Ludwig, sou/fantasio em ser corno (ou fazer de meu maridinho um) e penso o seguinte: